terça-feira, 14 de março de 2017

HATEFULMURDER – Red Eyes




O segundo full length da carreira do HATEFULMUDER é um disco rápido, com músicas diretas e agressivas. O que os fãs escutarão aqui é resultado de mais um passo dado com maestria, coesão e sintonia por Renan Campos (guitarra), Thomás Martin (bateria), Felipe Modesto (baixo) – que desde No Peace (2014) excursiona com a banda e agora é responsável por todas as linhas de baixo do novo registro – e, a mais nova integrante, repaginando a linha de frente da banda, Angélica Burns (vocal). Lançado pela gravadora inglesa Secret Service Records, diferentemente do álbum anterior, Red Eyes possui referências mais calcadas no Death metal melódico e impressiona por diversos fatores. Primeiro, a diversidade de vocais, expresso ora pelo jogo de vocais agressivos de Angélica complementados pelos vocais limpos de Modesto – a novidade do disco e na trajetória da banda (confira as faixas Red Eyes e os singles Tear Down e My Battle, com lyric vídeo e clipe respectivamente disponibilizados no Youtube) –  ora pelos vocais agressivos de Renan (ou de toda banda, em coro, ao modo Thrash metal old school) respondendo a vocalista nos refrãos. Segundo, os timbres e riffs de guitarra de Renan, que a cada lançamento se aprimoram. Terceiro, a cozinha comandada por Modesto e Thomás, com destaque para a máquina de guerra que é o baterista (!). Complementa o produto final a arte da capa. Uma arte simples, mas ousada. Além da referência óbvia (uma releitura de “O Homem Vitruviano”, obra do gênio Leonardo da Vinci), é possível enxergar uma caveira. Mas a capa, assim como todo o disco, é aberta a interpretações. Adquira o disco e faça a sua! Nota: 9,0
 Por Ramon Teixeira
 Faixas: 1- Silence Will Fall / 2-Red Eyes / 3-Tear Down / 4-Riot / 5- Teh Meaning of Evil / 6- Time (Enough) at Last / 7- My Battle / 8-You’re Being Watched / 9- Creature of Sorrow

Nenhum comentário:

Postar um comentário